6 de novembro de 2010

Catapora na gravidez

Tire suas dúvidas sobre os riscos da catapora durante a gestação:

Estou grávida e queria saber se tenho que evitar contato com pessoas que estão com catapora.

Se você já teve catapora na infância, provavelmente não tem motivo para se preocupar. Seu corpo já produziu anticorpos contra o vírus, o que a tornou imune a novas infecções. Agora, se você acha que não teve catapora, então é melhor não ficar no mesmo ambiente que pessoas com catapora ou herpes zóster (infecção causada pelo mesmo vírus da catapora).

Quais os riscos se eu tiver catapora?

A catapora pode ser mais grave se for contraída durante a gravidez. Seu médico poderá receitar o remédio aciclovir (nome genérico), que reduz a gravidade e a duração da catapora, mas que só funciona se for dado dentro de 24 horas a partir do aparecimento das erupções no corpo. Acredita-se que o aciclovir seja seguro para mulheres com menos de 20 semanas de gestação. Mas, depois do terceiro mês, os médicos têm mais receio de receitá-lo devido a um risco em tese de afetar o bebê.

Os riscos para o bebê mudam drasticamente dependendo do estágio da gravidez em que você pegou a catapora. Antes de 13 semanas, o risco é pequeno, e apenas 0,4 por cento dos bebês apresentam alguma má formação. Crianças cujas mães tiveram catapora entre a 13a e a 20a semana estão em uma zona de risco ligeiramente maior. Cerca de 2 por cento delas nascerão abaixo do peso ou terão problemas de visão ou marcas na pele. Pode ser que elas também demorem um pouco mais para atingir certos marcos do desenvolvimento.

Se a catapora aparecer entre a 20a e a 36a semanas de gestação, ela não deve afetar o bebê, embora seja possível que ele tenha herpes zóster nos primeiros anos de vida. Depois da 36a semana, os riscos voltam a aumentar. Caso você contraia catapora pouco antes ou pouco depois do parto, o bebê corre seriíssimos riscos. Se isso acontecer, ele receberá uma injeção de imunoglobulina antivaricela zóster para reduzir a possibilidade de ser gravemente afetado pela doença.

Como saber se o meu bebê foi afetado ainda durante a gestação?

Uma ultra-sonografia morfológica pode ser realizada entre a 20a e a 24a semana de gestação para verificar se os órgãos vitais do bebê estão com aparência saudável. Seu médico ou o ultra-sonografista também conseguem ver se os membros e o cérebro do bebê estão se desenvolvendo conforme deveriam. É importante ter em mente, contudo, que o ultra-som não detecta todos os tipos de anomalias congênitas, por isso não há garantia total de que o bebê nascerá sem nenhuma sequela.

Se não tive catapora ainda, vale a pena tomar a vacina?

Não se você já estiver grávida. Caso ainda não esteja, pode ser uma boa idéia, mas você vai ter que esperar três meses depois da imunização para tentar engravidar.

 

Tive contato com uma pessoa com catapora e não tenho certeza se já sou imune. O que devo fazer?

É possível realizar um exame de sangue para checar se há presença ou não de anticorpos da catapora no seu corpo. Mas ele tem que ser feito de 24 a 48 horas após o contato com a doença. Lembre-se de que a catapora permanece contagiosa desde 48 horas antes de as feridas aparecerem no corpo até todas elas terem formado crosta. Se o resultado do exame apontar que você não tem anticorpos, isso quer dizer que não é imune à doença e que há uma boa chance de ter contraído. Nesse caso, os médicos costumam receitar uma injeção de imunoglobulina antivaricela zóster (VZIG), que servirá para amenizar a gravidade da infecção. Para ser eficaz, ela tem que ser tomada até dez dias depois da exposição ao vírus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário